terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Moscas realmente ficam bravas quando são espantadas, provam cientistas

É esse tipo de pesquisa que dá sentido ao "Ócio Científico". Pesquisadores do Howard Hughes Medical Institute realizaram um experimento que recriava o ambiente de um piquenique, no qual as pessoas espantam as moscas que insistem em sobrevoar as quitutes. Os cientistas conseguiram provar que estes insetos, assim como as abelhas, voltam com ainda mais raiva para a comida depois que sofrem o vento de um sopro ou de um golpe errante. Para detalhar as descobertas, explicitou-se que as moscas não fogem por causa da comida, mas sim por causa de um mecanismo evolutivo comportamental.

Como todo estudo científico bizarro, este tem uma justificativa plausível (menos o dos "Patos gostam de água"), a destes experimentos está no paralelo entre comportamentos de moscas e humanos (!), já que grande parte dos genes destes insetos chatos estão presentes no nosso DNA. Este paralelo é possível principalmente em função de várias substâncias químicas semelhantes entre pessoas/moscas, responsáveis por transtornos psíquicos.

A conclusão de tudo isso? Melhor matar as moscas de primeira para evitar dor de cabeça ou simplesmente deixá-las voando sobre sua cabeça, como faz o Louco da Turma da Mônica.

Um comentário:

  1. Melhor acabar com as moscas de uma vez mesmo, com ou sem piquenique elas sempre voltam (agora sabemos pq)!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...