segunda-feira, 25 de maio de 2009

Pesquisa de 300 mil euros prova: patos gostam de água

Obviamente o espanto com esta notícia não é a revelação feita por uma pesquisa científica, até porque não se trata de nenhuma revelação. "Bastava perguntar a qualquer fazendeiro", é o que disse uma britânica, pagadora de impostos, como os jornais ingleses gostam de frisar. A vergonha alheia é maior ainda quando temos a informação de que a pesquisa foi feita dentro da tradicionalíssima Universidade de Oxford, um dos principais celeiros do conhecimento mundial.

A justificativa dada pela pesquisadora se apoia no fato de que descobriram que os patos preferem ficar debaixo de um chuveiro do que no laguinho ou na piscina. Portanto, com tais resultados melhorariam as condições higiênicas nas fazendas e a criação de patos, com penosos mais felizes e águas mais limpas. "Sem contar a questão ambiental, já que os laguinhos rapidamente ficam sujos." ¬¬

Mas precisava de gastar 300 mil euros, mais de 800 mil reais, para descobrir isso? Desta vez foram os ingleses que pagaram o pato. Literalmente.

Um comentário:

  1. Imagina quem teve a idéia de fazer esse estudo, deve ser uma figura! :-)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...