sexta-feira, 13 de julho de 2012

Cientistas torcem a luz e transmitem dados a 2,5 terabits/s

Há algum tempo postei aqui no Ócio Científico que alguns cientistas conseguiram dar "Nó na Luz". Esta foi mais uma prova que a luz nem sempre viaja em linha reta. Desta vez, uma equipe internacional de pesquisadores, trabalhando na Califórina - EUA, torceram e retorceram feixes de luz para transmitir dados em código binário.

Para explicar de forma suscinta, eles foram capazes de juntas vários canais de luz em um só feixe torcido, o qual era retorcido ao chegar ao seu destino. Com isso, alcançou-se a incrível velocidade de 2,5 terabits por segundo, aproximadamente 66 DVD's inteiros ou 1 HD de 250gb por segundo!

É conhecido o fato de que a velocidade de transmissão de dados, a capacidade de armazenamento e o tamanho dos arquivos crescem rápido e paralelamente. Mas isso pode mudar se este experimento trouxer para o cotidiano tais transmissões. Será que estamos ainda mais próximos do mundo das "nuvens"? Há afirmações no meio tecnológico que os computadores e video-games passarão a ser meras interfaces, enquanto todo o poder de processamento e armazenamento ficará por conta dos potentes e gigantescos servidores.

É melhor pensar duas vezes antes de se gabar por sua internet de 10mb.

Referência: Inovação Tecnológica

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...